Thursday, September 22, 2011

Weathering Change follows women in Ethiopia,
Nepal and Peru as they struggle to care for their families while enduring crop failures
and water scarcity. The film explores how family planning can help women adapt to the
challenges climate change poses to their health and livelihood. See the project at http://stage.populationaction.org/Video/Weathering_Change/Summary.php

Wednesday, February 16, 2011

Acabo de ler um livro em que fala muito do acaso e da vida. É já passado algumas coisas pois entretanto descobriram-se outras mas o acaso e a coincidência deixam-me num puzzle. Se fechar os olhos a tentar entender alguma coisa disto tudo, como se de um túnel muito simplificado se tratasse chega-se ao fim com a sensação wow, acaso o que é o acaso? Será o espontâneo, aquilo que não se planeou por simples conveniência ou antes uma mistura disso tudo tal como um coiso a tentar chegar primeiro ao coiso? Acaso a competição foi planeada por acaso? ou coincidências afinal não existem? mas o acaso sim? o que me deixa a gostar um bocadinho disto, da vida. Por acaso. São sempre estas coisas pequenas das proténas e ácidos que me fazem andar por aqui. Há que aceitar. E escrevo de um computador. Por acaso?

Wednesday, December 29, 2010

uma pergunta tão simples do gatovadio que deixa um nó: "estar vivo é imoral?"

Monday, December 20, 2010


Se todos nós somos também feitos de pó de estrelas assim como a nossa casa ou planeta por vezes penso que se outra matéria produzida também noutra casa ou até aqui se misturasse chegaria à pergunta do - aqui vivemos numa constante experiência beta. _ vida inteligente? Não conseguem viver em paz desde que surgiram como civilizações. Alguma vez o vão conseguir? Uma prova da improbabilidade de confiança. Somos uma experiência que nós próprios inventamos.

Thursday, December 16, 2010

bi polos ou tri e assim sucessivamente




O primeiro vídeo é melhor não tentar fazer isso na realidade pois estou em crer que deva ser bastante doloroso e até mortal. Por muito que se vença os limites da nossa matéria, é sempre melhor fazê-lo em filmes ou vídeos.
Ah o segundo ou uma melhor consequência neste grande teatro pode parecer lamechas mas penso por mim e usando a voz de outro:é elementar, caro watson!